CPTM RFSA mrs refer

Sindicato dos Ferroviários de São Paulo


Acontece no mundo

Brasil, Índia e a mudança


A maior democracia do mundo, a Índia, e uma das maiores, o Brasil, irão às urnas neste ano com alguns importantes aspectos em comum, por mais que sejam distantes e profundamente diferentes. Os indianos estão votando há dez dias e são tantos (mais de 814 milhões) que o pleito se estenderá até o dia 12 de maio, em nove etapas sucessivas. A principal característica em comum é o desejo de mudança. No Brasil, pesquisas do Datafolha têm mostrado que pelo menos dois terços dos eleitores querem mudanças na maneira como o país está sendo governado, o que, de resto, já ficara claro nas manifestações de junho passado. Na Índia, "a eleição é menos a respeito de políticas e mais sobre o desejo de mudanças", escreve o "New York Times". Leia mais (04/17/2014 - 03h05)



Sanções contra Putin não têm efeito, diz analista ucraniano


O movimento separatista no leste da Ucrânia seria "impossível" sem o apoio da Rússia. Essa é a opinião de Igor Todorov, professor de relações internacionais e diretor do Centro de Informação sobre União Europeia da Universidade Nacional de Donetsk, na Ucrânia. Em entrevista à Folha, ele diz que, embora não haja um sentimento majoritário separatista na região, o governo da Ucrânia tem dificuldades históricas de comunicação com as forças políticas locais.

* Leia mais (04/17/2014 - 03h04)



Cercado pela Síria, campo de refugiados vive o caos


Quando fugiram do que era a Palestina britânica, durante a fundação de Israel, em 1948, milhares de refugiados palestinos encontraram na periferia de Damasco um lar onde passaram a discutir o chamado ano da "nakba", ou seja, de sua "catástrofe". Esses refugiados procuram agora, décadas depois, um novo termo para referir-se ao desastre em andamento no campo de Yarmuk, fundado em 1957 para abrigá-los. Em meio ao conflito civil regional, o Exército sírio sitiou o local e, desde julho, controla a passagem de pessoas e, mais grave, de alimentos e auxílio humanitário. Leia mais (04/17/2014 - 03h03)



Conflito faz população palestina no local se dividir


Quando ouviu as primeiras notícias da insurgência na Síria o líder palestino Abu Akram, 60, não se preocupou. "Era um conflito interno dos sírios", diz o morador do campo de refugiados de Yarmuk. Mas rebeldes armados viram no campo próximo a Damasco o portão ideal para sua ofensiva contra a capital. Akram surpreendeu-se ao ver como, em poucos meses, liderança e população palestina estavam divididos entre a oposição e o regime sírio. A crise levou a um êxodo do campo e à catástrofe humanitária que hoje mata civis palestinos –pela fome. Leia mais (04/17/2014 - 03h02)



Rússia enfrentará consequências por desestabilizar Ucrânia, diz Obama


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quarta-feira que a Rússia pode esperar novas sanções se intensificar o apoio aos separatistas no leste da Ucrânia. "O que eu disse de forma consistente é que cada vez que a Rússia tomar esses tipos de medidas que buscam desestabilizar a Ucrânia e violam sua soberania, haverá consequências", disse ele em entrevista à emissora CBS. O presidente falou sobre a crise ucraniana, pela qual ele culpou diretamente Moscou, na véspera de uma reunião em Genebra em que Rússia, Ucrânia, Estados Unidos e União Europeia vão tentar neutralizar o impasse. Leia mais (04/16/2014 - 22h09)



Navio naufragado soma seis mortos e cerca de 280 desaparecidos


Subiu para seis o número de mortos no naufrágio do navio sul-coreano Sewol, que levava 462 pessoas do porto de Incheon para a ilha turística de Jeju, segundo o "New York Times". As autoridades ainda investigam as causas do acidente, que aconteceu a 20 km da ilha de Byeongpyung. Cerca de 280 pessoas ainda estão desaparecidas e outras 160 foram resgatadas. Acredita-se que parte dos desaparecidos foram resgatados por barcos que estavam na região no momento do acidente e prestaram auxílio às equipes oficiais de resgate. Leia mais (04/16/2014 - 20h39)



Nigéria diz que maioria de meninas sequestradas foi libertada


O Exército da Nigéria afirmou nesta quarta-feira que as suas forças libertaram a maioria das estudantes sequestradas por militantes islâmicos do grupo Boko Haram e continuavam a busca por oito alunas que ainda estão desaparecidas. "Com isso, o diretor da escola confirmou que apenas 8 das estudantes ainda estão desaparecidas", disse o porta-voz das Forças Armadas, major general Chris Olukolade, em um comunicado enviado à imprensa. Ele não especificou exatamente quantas meninas haviam sido resgatadas, mas disse que um dos "terroristas" envolvidos no rapto foi detido. Leia mais (04/16/2014 - 20h22)



Em queda, católicos somam 67% da população na América Latina


Após um ano à frente da Igreja Católica, o primeiro papa latino terá bastante trabalho pela frente em seu continente. Pelo menos é o que indica a pesquisa sobre religiões do Latinobarometro divulgada nesta quarta, segundo a qual o número de católicos na América Latina caiu de 80% a 67% entre 1995 e 2013. Para o instituto, no entanto, a queda é "muito menor do que a agenda informativa dá a entender", com 12 dos 18 países analisados ainda com mais de 60% de católicos. "Nos dados recentes nós não vemos um impacto no número de católicos devido à chegada do papa Francisco", disse o Latinobarometro, acrescentando que é muito cedo para dimensionar o impacto do novo papado, que começou em março do ano passado. Leia mais (04/16/2014 - 19h50)



Chanceler brasileiro relata avanços em negociações na Venezuela


O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou nesta quarta-feira que houve avanços importantes nas negociações entre governo e as forças de oposição na Venezuela, que estiveram reunidos ontem, em Caracas. Segundo o chanceler, as duas partes declararam sua condenação à violência, "venha de onde vier", e decidiram pela criação de uma comissão da verdade, composta por representantes políticos e demais membros da sociedade venezuelana para investigar as denúncias recentes de violência. "O propósito é analisar todos os fatos conhecidos no âmbito desses distúrbios pelos quais passou a Venezuela nos últimos meses. Isso quer dizer as mortes acontecidas, investigação de como essas mortes aconteceram, determinação de autoria, mas também os casos apresentados pela oposição de abusos e violações de direitos humanos", disse Figueiredo. Leia mais (04/16/2014 - 19h18)



Kirchneristas apresentam projeto para restringir piquetes na Argentina


Deputados kirchneristas apresentaram na tarde desta quarta (16) um projeto de lei para restringir os piquetes na Argentina. A iniciativa acontece uma semana depois de uma greve geral ter paralisado o país, com mais de 50 piquetes fechando estradas e ruas. O texto do conjunto de regras proposto pelos legisladores contém 34 artigos e diz que o objetivo é estabelecer normas "precisas de convivências" para "garantir o direito dos cidadãos no contexto das manifestações públicas". Em março, a Argentina registrou 658 manifestações que fecharam ruas pelo país, 48% a mais do que no mesmo mês do ano passado. Desse total, 112 delas foram em Buenos Aires, de acordo com o levantamento da consultoria Diretório Político. Leia mais (04/16/2014 - 18h49)



Pré-candidato à Presidência argentina se reúne com empresários em São Paulo


O deputado opositor argentino Sergio Massa, possível candidato à Presidência para 2015, manteve na Fiesp uma reunião com empresários brasileiros do setor do agronegócios, bebidas e autopeças, onde falaram das relações comerciais entre o Brasil e a Argentina e o futuro da região. "O Brasil e a Argentina são países complementares. O Brasil é o país mais importante para [as relações exteriores da] Argentina, mas, nos últimos tempos, a burocracia atrapalhou o relacionamento. Devemos consolidar o Mercosul para negociarmos juntos com outros blocos, como a União Europeia", disse Massa a jornalistas, na sede da Fiesp. O deputado opositor, ex-chefe de gabinete da presidente, Cristina Fernández Kirchner, afirmou que os empresários brasileiros são otimistas sobre o futuro econômico da Argentina, especialmente aqueles de setores que "hoje sentem que o presente é adverso". Leia mais (04/16/2014 - 18h03)



Aluno se nega a fornecer DNA em investigação de estupro na França


Investigadores que estão realizando exames de DNA em massa num liceu francês para identificar um estuprador disseram que apenas um estudante se negou a fornecer uma amostra. O estudante, que é maior de 18 anos, disse à polícia que teve razões pessoais para não fornecer uma amostra, dentro da operação policial realizada no liceu católico particular Fenelon-Notre-Dame, em La Rochelle. Na manhã da quarta-feira, 16 de abril, agentes estavam tirando amostras dos últimos dos 475 alunos, 31 professores e 21 outros homens adultos da escola secundária. É a primeira vez que uma operação desse tipo é empreendida num estabelecimento de ensino francês. Leia mais (04/16/2014 - 17h36)



Presidente da Colômbia nega que García Márquez tenha metástase


O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, negou nesta quarta-feira (16) que o escritor Gabriel García Márquez sofra de um câncer avançado. Segundo ele, o Nobel de Literatura passou alguns dias hospitalizado devido a uma pneumonia, da qual já está se recuperando. As declarações foram feitas na cidade de Popayán, capital do departamento de Cauca, onde Manuel Santos se encontra para se reunir com as autoridades locais e participar das celebrações da Semana Santa. "Não é certo o que publicou um jornal mexicano, que [Gabriel García Márquez] teve uma recaída do câncer e esteja tomado pelo câncer, isto não é certo", afirmou o presidente, sem mencionar suas fontes. Leia mais (04/16/2014 - 16h14)



Resgatados relatam desespero durante naufrágio de navio sul-coreano


Passageiros resgatados do navio sul-coreano que naufragou com 462 pessoas a bordo, no trajeto entre Incheon e a ilha turística de Jeju, relataram momentos de pânico à imprensa nesta quarta. As autoridades ainda investigam a causa do acidente, que deixou ao menos seis mortos. Segundo o governo, as operações de resgate continuam, mas estão prejudicadas pelo mau tempo. Cerca de 290 pessoas ainda estão desaparecidas. Leia mais (04/16/2014 - 15h16)



Deputados denunciam "lobby" de Corina no Parlamento Europeu


Vários deputados do Parlamento Europeu denunciaram nesta quarta-feira em carta aberta o "lobby" contra o governo de Nicolás Maduro que segundo eles está sendo praticado pela opositora María Corina Machado na Eurocâmara. "Denunciamos perante a opinião pública internacional a tentativa que está sendo realizada nos últimos dias de se buscar apoio no parlamento Europeu para manobras golpistas contra o legítimo governo democrático da Venezuela", disseram os signatários da carta dirigida à opinião pública. Os eurodeputados espanhóis Vicente Garcés, Dolores García Hierro e Andrés Perelló, todos do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), o também espanhol Willy Meyer, do Esquerda Unida (UI), o liberal italiano Gianni Vattimo assinaram a carta. Leia mais (04/16/2014 - 14h59)



.

- História do Sindicato

O que você achou do novo site?


gostei
não gostei

Endereço da Sede: Praça Alfredo Issa, 48, 19º e 20º andares, Santa Efigênia, São Paulo - SP Telefone: (11) 3328-6088

© Sindicato dos Trabalhadores em empresas Ferroviárias de São Paulo - Desenvolvido por ZEROMAIS /